Campanha em prol da preservação do Engenho Verde, vários ecoparques das vizinhanças e todo ecossistema das matas, agricultura diversificada que abastece a feira de Palmares e de outras cidades da Mata Sul. Riachos, cachoeiras, todo patrimônio cultural e natural.

quinta-feira, 7 de julho de 2011

* Moradores do Engenho Verde revoltados reivindicam


Cidadãos trabalhadores rurais, residente no Engenho Verde, do Distrito de Serro Azul, Município dos Palmares - PE falam sobre suas revoltas concernentes ao Projeto de Construção de Barragem, naquele local, planejada pelo Governo do Estado de Pernambuco.

Relatam sobre o estado de penúria atual. Camponeses passando fome porque a produção agrícola parou diante da notícia da construção da barragem. Explicam que temem o mesmo calote das despropriações, ocorrido quando construiram a estrada Palmares - Bonito.


NA REUNIÃO DO DIA 15 DE ABRIL/2011, DA AME-PALMARES, SR. GABRIEL, DIRETOR DE COOPERATIVA, UMA DAS LIDERANÇAS DO DISTRITO DE SERRO AZUL, EM PALMARES - PE EXPRESSANDO REVOLTAS E QUESTIONANDO SOBRE OPERAÇÃO RECONSTRUÇÃO DO GOVERNO ESTADUAL DE PERNAMBUCO:


Após Reunião da Articulação Municipal de Entidades dos Palmares (AME - PALMARES) o Sr. Severino Lima (popularmente conhecimo como Vero), expressou indignação sobre Governador anunciar construção de barragem gigante no Engenho Verde, Distrito de Serro Azul, Palmares - PE. Ele é morador da localidade e disse que o povo está revoltado principalmente porque não houve estudos de impactos ambientais e culturais e a população não foi ouvida, apenas soube da notícia.

Outro assunto abordado foi que há dívidas de desapropriações há anos. Governo foi caloteiro com moradores de Serro Azul e por isso existe descredibilidades sobre como os moradores serão ressarcidos nas idenizações provindas das despropriações para a construção da Barragem no Engenho Verde.
Qual motivo o Governo do Estado de Pernambuco decidiu destruir uma área rica de belezas naturais onde existem ecoparques atraindo turistas para nossa Região e grande produção agrícola desenvolvendo?
Se o Governador Eduardo Campos diz não governar de costas para o povo, esse caso da barragem de contenção prova ao contrário porque as comunidades que serão inundadas não foram contactadas. O povo é cônscio sobre as consequências. Principalmente porque Serro Azul é região com ecoparques (que serão destruídos pelas barragens), local de turismo rural de grande beleza natural, além de ter desenvolvido diversidade agrícola e abastece Palmares e cidades dircunvizinhas com seus produtos agrícolas (produção de bananas, inhames, acerolas, principalmente).
A AME - PALMARES está solidária e concorda em manter uma luta em prol de salvar aquela área ecológica e história (há um casarão no Engenho Verde, onde nasceu Hermilo Borba Filho e que teve arquiteto Louiz Vauthier, o mesmo que projetou o Theatro de Santa Izabel do Recife).
Quando vemos que o povo da localidade tem informações sobre as consequências e os Órgãos Públicos Estaduais da área de preservação ambiental e hnistórica não agem, acusamos irresponsabilidade do Governo.
CLIQUE AQUI E LEIA SOBRE PRIMEIRA REUNIÃO DA AME-PALMARES SOBRE CRIAÇÃO DE UM FÓRUM DE DISCUSSÃO PARA A RECONSTRUÇÃO DA CIDADE DOS PALMARES - PE!


PUBLICADO NO JORNAL O OLHO



Nenhum comentário:

Postar um comentário